Renda fixa: onde investir em 2021?

0
14

A renda fixa é a modalidade de investimento mais adotada pelos brasileiros. Afinal, do total de investidores, apenas 3% se arriscam na renda variável – fazendo com que a maioria esmagadora prefira títulos mais seguros.

Investir é o melhor caminho para alcançar seus objetivos, tanto de curto quanto de longo prazo. Porém, é preciso planejar bem onde aportar seu dinheiro, ainda mais por causa da inflação.

A maioria das pessoas esquece que fazer o dinheiro render não é suficiente. De fato, se você conseguiu 4% de retorno, mas a inflação está na casa dos 5%, você perdeu poder de compra.

Neste post, vamos explicar tudo que você precisa saber sobre renda fixa.

Leia até o final!

Renda fixa 2021

O que é renda fixa?

Renda fixa é uma modalidade de investimento onde o investidor tem mais controle sobre o que acontece com seu dinheiro. Aliás, ele também pode saber, de antemão, quanto vai receber pelo aporte.

Existem várias modalidades de investimentos nessa categoria. Portanto, não é tão simples quanto parece – ainda mais se você quer maximizar seus resultados.

Em alguns cenários, um determinado título é melhor que os outros; no entanto, esse mesmo título pode ser péssimo, dada a configuração de mercado a qual você está exposto na hora de investir.

Não existe uma “receita de bolo” para otimizar o lucro advindo do investimento.

Renda fixa onde investir
Imagem: Freepik

Qual a diferença entre as rendas fixa e variável?

A primeira grande diferença é a questão da segurança.

Quando investimentos em renda fixa, temos mais controles sobre os riscos, permitindo menos dores de cabeça. Porém, essa facilidade tem um preço: o retorno é muito menor que os encontrados na renda variável.

A segurança desse investimento se dá porque o dinheiro vai para instituições sólidas, como o governo federal. Em resumo, você só se dá mal se o governo falir de vez – ou se o retorno for abaixo da inflação.

Já na renda variável, você pode aportar em centenas de empresas, tanto nacionais quanto internacionais. Ou seja, seu retorno depende da atividade desses negócios, aumentando – ou caindo – com eles.

A máxima no mundo dos investimentos é sempre a mesma: quanto mais arriscado um investimento, mais significativo é o retorno – tanto para os ganhos quanto para as perdas.

Quais são os títulos de renda fixa mais comuns?

Existem vários títulos de renda fixa, mas, em geral, eles funcionam da mesma forma: risco de investimento baixo e controle do retorno.

No entanto, o que diferencia é, na maioria das vezes, o método de retorno. Às vezes, ele pode estar atrelado à inflação. Em outros casos, depende dos juros advindos de dívidas empresariais.

Está um pouco perdido? Fique tranquilo, vamos comentar sobre os principais produtos. Aliás, estes são os mais comuns:

  • CDB 
  • Debêntures 
  • LCI e LCA 
  • RDB 

Aproveite algumas informações adicionais:

CDB

O CDB (Certificados de Depósito Bancário) é uma das primeiras opções, quando os investidores migram da poupança. Um dos motivos disso é que, além de seguro, o produto é oferecido pelas instituições bancárias.

Fora os bancos, as corretoras também oferecem esse papel. Em geral, aplicar nessas instituições acaba retornando mais, devido a alguns cortes operacionais.

Em resumo, o dinheiro aportado nesse título será usado pelos bancos para oferecer crédito. Assim, o investidor recebe um juros desse empréstimo, o qual é seu retorno sobre investimento. 

Debêntures

Se no CDB emprestamos dinheiro aos bancos, nas debêntures vamos emprestar diretamente às empresas. Portanto, os retornos costumam ser mais altos que os títulos bancários – dado que lembra um pouco a renda variável.

Note que, de fato, estamos a um passo de entrar no mercado de ações. Afinal, comprar uma ação é se tornar sócio da mesma; emprestar dinheiro também faz parte dessa parceria, mas está um degrau abaixo de ser sócio.

Em resumo, quem possui esse título é quem recebe pela dívida da companhia escolhida. Por isso é interessante conhecer um pouco mais sobre a empresa, antes de emprestar seu dinheiro.

LCI e LCA

A sigla LCI significa Letras de Crédito Imobiliários; já LCA significa Letras de Crédito do Agronegócio. Duas de suas características mais importantes são: é isenta de imposto de renda; rende muito mais que a caderneta de poupança.

Em resumo, esses títulos lembram bastante o CDB, o qual já foi explicado lá em cima. Ademais, a única diferença entre a LCI e LCA é lastro dos títulos – um diz respeito à imóveis, e o outro ao setor agropecuário.

No momento de realizar um investimento em renda fixa, compare o retorno desses papéis com os demais – levando-se em conta todos os custos, é claro.

RDB

Para encerrar nossa lista, precisamos comentar sobre o RDB. A sigla significa Recibo de Depósito Bancário, sendo quase idêntica ao CDB.

Embora ambos os papéis compartilhem muitas semelhanças, há uma diferença que precisa ser levada em conta: você não pode resgatar o valor da RDB antes do prazo estipulado.

No caso da CDB, isso pode ser feito sem problemas, dado que o título possui liquidez diária.

O papel entra como investimento de baixo risco, sendo uma ótima alternativa para objetivos de longo prazo.

O que são investimentos pré e pós fixado, e como funcionam os indicadores?

Na modalidade prefixado, o investidor sabe exatamente quanto vai receber de retorno em decorrência do aporte. Dessa forma, se está escrito “5% sobre o valor investido por ano”, não espere nem mais, nem menos que isso.

Já no pós-fixado, geralmente há um indicador econômico envolvido. Os mais comuns são a SELIC e o IPCA. Além disso, o investimento carrega uma percentagem fixa acima desse indicador, como “SLIC + 2% ao ano”.

Se você quer aumentar seu poder de compra, escolha o indicador IPCA (inflação). Isso impede que seu dinheiro “valha menos” ao longo do tempo.

Alguns papéis oferecem tanto pré quanto pós, assim como diversos indicadores.

Onde investir em renda fixa?

A maioria dos títulos de renda fixa está disponível nas instituições bancárias. No entanto, estude um pouco mais o mercado de papéis, e não se esqueça das corretoras. Você pode se beneficiar muito ao olhar todas as opções.

E aí, qual dos títulos te interessou mais? 

Se você gostou do conteúdo, compartilhe com seus conhecidos!

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here