Vale a pena investir em fundos imobiliários?

0
3
fundos imobiliários
Imagem: Freepik/rawpixel.com

Os fundos imobiliários são uma ótima opção para quem deseja diversificar seus investimentos e correr menos riscos. Esse tipo de investimento é um dos mais seguros, depois da renda fixa, é claro, e tem a vantagem de trazer rendimentos mensais ou semestrais para os investidores. Saiba mais!

O que são fundos imobiliários

Os fundos imobiliários são um conjunto de aplicações de natureza imobiliária geridas por uma administradora. Os investidores se reúnem e formam um grupo que investe no fundo, de modo que quando as aplicações se valorizam, elas passam a valer mais e cada integrante lucra conforme a proporção investida.

Para exemplificar melhor, um fundo imobiliário é uma carteira de investimentos no mercado imobiliário. Cada pessoa que investe no fundo obtém um patrimônio. Caso o resultado dos fundos imobiliários que compõem o fundo principal valorizem, todos ganham, caso os fundos se desvalorizem por algum motivo, todos perdem.

Esse tipo de fundo é gerido por uma administradora, que conta com um gestor do fundo. Ele é que toma as decisões sobre quais investimentos fazer com o valor aportado pelos investidores. A administradora escolhe os investimentos de acordo com algumas definições prévias decididas antes da abertura do fundo.

Dessa forma, quando os investidores resolvem colocar seu dinheiro no fundo, sabem que tipo de políticas e diretrizes serão utilizadas. Assim ficam muito mais seguros quando os investimentos são realizados. É claro que isso não irá garantir o lucro 100% das vezes, mas faz com que os riscos sejam reduzidos.

Como funcionam

Os fundos imobiliários se dividem em cotas. Cada investidor conta com uma quantidade de cotas quando entra no fundo. Digamos que você queira entrar em um fundo com 2 mil reais e cada cota custa 50 reais. Quando você fechar o negócio, terá 40 cotas ativas no fundo e receberá os valores financeiros correspondentes às cotas que comprou.

Para receber os “lucros” dos fundos imobiliários, existem duas formas. Alguns fundos pagam aos investidores os lucros mensalmente, o que garante uma rentabilidade um pouco mais frequente e animadora para quem está começando a investir. Outros tipos de fundos imobiliários realizam os pagamentos semestralmente, porém, nesse caso, a quantia recebida é maior. 

Os pagamentos dos fundos imobiliários se revertem em “lucro” quando os moradores dos imóveis pagam aluguéis, nesse caso normalmente os pagamentos são mensais. Mas também podem ser rentáveis quando se valorizam ao longo do tempo e então são vendidos pelos investidores. 

Tipos de fundos imobiliários

Existem os fundos de tijolos que correspondem àqueles recebidos por meio dos aluguéis. Os fundos imobiliários desse tipo podem ser bem diversos, contam com imóveis de distintos tipos e localizados em variadas regiões. Os fundos de tijolos também podem se concentrar em apenas um imóvel, como escritórios, hotéis, escolas, condomínios, entre outros.

Também existem os fundos de papel que são os que estão diretamente ligados ao mercado imobiliário. Nesse tipo de fundo não estão os imóveis propriamente ditos, como os citados no fundo de tijolos. O fundo de papel contém letras de crédito imobiliário, certificados de recebíveis, cotas de outros fundos, entre outros.

Por fim, temos os fundos híbridos. Esses fundos são conhecidos por conterem imóveis e títulos de mercado imobiliário. Nos fundos híbridos os investidores têm opções mais flexíveis e recebem pela valorização dos títulos e pelos aluguéis dos imóveis.

Quais as taxas

Existem algumas taxas que envolvem os fundos imobiliários. A primeira é voltada a administração do fundo, que deve ser paga para que o gestor do fundo possa gerenciá-lo de maneira adequada. 

Além disso, quando os fundos imobiliários trazem lucros, é possível que seja cobrada uma taxa sobre a performance que eles apresentam no mercado imobiliário. Caso os lucros sejam altos, a partir de um topo estabelecido pela gestão do fundo, uma parcela dos lucros fica com o gestor.

Possíveis ganhos

Os ganhos referentes aos fundos imobiliários vão de acordo com as cotas adquiridas por cada investidor. Um investidor com 100 cotas vai receber mais rendimentos do que os que estão no mesmo fundo, mas contam apenas com 50 cotas, por exemplo.

Além disso, os ganhos podem ser referentes aos aluguéis e a venda das cotas. Se o foco do fundo de investimento for os imóveis para aluguel, muito provavelmente o investidor receberá o valor dos pagamentos mensais dos locatários. 

A venda das cotas também é uma ótima forma de auferir rendimentos com os fundos imobiliários. Os imóveis podem se valorizar ao longo do tempo, de modo que uma cota que antes valia 200 reais, pode passar a valer 500 reais ao longo dos anos.

Como começar a investir nos fundos imobiliários

Para começar a investir nesse tipo de fundo, é essencial escolher primeiro o tipo de fundo que mais se adequa ao seu perfil de investidor, lembrando que existem os fundos de tijolos, os fundos de papel e os fundos híbridos.

Depois disso, é interessante fazer uma conta em uma corretora de investimentos, verificando sempre as taxas cobradas e os fundos imobiliários disponíveis. Nas corretoras é possível contar com o apoio técnico de profissionais especializados no assunto, o que é uma grande vantagem para quem está começando.

FAQ

Veja agora algumas perguntas frequentes sobre os fundos imobiliários:

Qual o rendimento de um fundo imobiliário?

O rendimento de um fundo imobiliário depende de quantas cotas você comprar e do tipo de fundo. Você pode receber aluguéis mensais, semestrais ou vender suas cotas quando os imóveis estiverem valorizados.

O que é um fundo imobiliário?

Fundo imobiliário é um tipo de investimento que engloba imóveis ou títulos imobiliários e que um grupo de investidores pode participar de acordo com a quantidade de cotas que desejam comprar.

Como investir em fundos imobiliários?

Para investir nos fundos imobiliários, o mais recomendado é procurar uma corretora de investimentos. Depois disso, basta escolher os fundos que deseja investir e comprar as cotas de cada um deles.

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here