Qual a melhor Criptomoeda para investir hoje?

0
86

Neste post, vamos falar sobre qual a melhor criptomoeda para investir hoje – e porque é o bitcoin!

Qual a melhor criptomoeda
Qual a melhor Criptomoeda para investir hoje?

Uma criptomoeda nada mais é que um código em uma rede. Porém, é possível trocar esse código por dinheiro fiduciário, se houverem compradores para ele, naturalmente.

Vimos uma enorme valorização das criptos nos últimos meses. 

Em geral, isso acontece quando o dinheiro fiduciário enfraquece – ainda mais às vésperas de uma crise mundial. Para evitar a enorme desvalorização, pessoas e empresas ao redor do mundo estocam dinheiro em moedas digitais.

No entanto, as criptos, embora sejam apenas códigos, possuem um atributo muito importante: são escassas. Ou seja, não dá para copiar e colar criptomoedas – ao contrário do dinheiro fiduciário, que pode ser impresso à vontade.

Por que o Bitcoin é a melhor criptomoeda hoje?

Em primeiro lugar, o bitcoin (conhecido como BTC) é a “mãe” de todas as criptomoedas, dado que surgiu primeiro – lá em 2008. Muitas moedas digitais têm partes do BTC integradas em suas tecnologias.

Além disso, há um consenso generalizado de que essa é a melhor cripto do mercado para investir hoje, mesmo que dezenas de ativos surjam todos os anos. Isso acontece porque ela passa muita confiança aos investidores, além de ser validada ano após ano.

Vale notar que a tecnologia do BTC é ultrapassada. No entanto, ela é funcional e serve muito bem ao seu propósito: um meio de tirar o domínio sobre a moeda das mãos dos governos, e entregá-lo aos cidadãos.

Quando o cenário mundial começa a apresentar crises, o BTC é a primeira opção dos investidores – por isso tem picos enormes de valorização.

Veja nesse artigo como investir em Bitcoins, clique aqui.

Como é investir em criptomoedas?

Em suma, é bastante parecido com o investimento em ações, só que sem regulamentação – aumentando ainda mais o risco dessa operação.

Uma diferença visível é o fato de que, ao contrário das ações, não é seguro deixar os ativos em custódia. O ideal é comprar e remover da corretora o quanto antes, evitando diversos problemas.

Existem carteiras digitais para alocar suas criptos, assim como carteiras físicas. Há diversas empresas que trabalham nesse ramo, visando aumentar a segurança dos investidores.

No mais, basta baixar o aplicativo da corretora escolhida, escolher a criptomoeda de seu interesse, e realizar a transação financeira.

Há também o mercado direto de compra e venda de criptos, onde as operações acontecem entre pessoas, sem o uso de corretoras – o que é bastante arriscado.

Por que devemos ter cuidado com esse mercado?

Para começo de conversa, o mercado de criptomoeda é tão atrativo quanto perigoso: da mesma forma que se pode ganhar muito, também se pode perder muito, em um curto período.

Portanto, vale começar investindo pouco, para entender o funcionamento das corretoras. Assim você consegue ter uma ideia geral desse tipo de investimento, e não arrisca grandes quantias.

É importante dizer que não existe um órgão regulamentador para essas transações. O próprio poder público se isenta das responsabilidades relacionadas às criptos, fazendo com que os riscos recaiam totalmente sobre o investidor.

Portanto, é difícil recuperar o dinheiro, caso você caia em algum golpe.

Em resumo, devemos ter cuidado porque o mercado é muito volátil, as corretoras podem ser atacadas e há dezenas de golpes em atividade ao redor do Brasil.

Quais são os riscos desse investimento?

O maior risco, sem dúvidas, está relacionado à oscilação natural do mercado de criptomoeda. Uma moeda digital pode valorizar muito em uma semana, ao passo que cai abaixo do valor inicial, na semana seguinte.

É comum os gráficos de cotação apresentarem picos. Ou seja, a moeda bate seu recorde histórico, mas logo em seguida tem uma queda drástica.

Além disso, às vezes a corretora sofre ataques, onde milhares de moedas são roubadas. Se as suas estiverem alocadas lá, com certeza estão expostas a esse risco.

Veja algumas das principais armadilhas relacionadas ao mercado cripto.

Quais são as principais armadilhas relacionadas às criptomoedas?

Assim como acontece nos demais mercados, há várias armadilhas esperando os investidores. No entanto, alguns cuidados podem salvar o seu dinheiro.

Vamos falar um pouco sobre as seguintes armadilhas:

  • Transação sem retorno. 
  • Ser ludibriado pela valorização dos ativos. 
  • Renda mensal com cripto. 
  • Fazer day trade sem conhecimento no assunto.

Não deixe de ler tudo!

Transação sem retorno

A transação sem retorno é uma das mais comuns, pegando tanto investidores novos quanto experientes. 

No caso, essa armadilha se trata de uma quebra de acordo. Você se lembra que não há regulamentação para as criptos? Isso torna as transações entre as pessoas muito arriscadas – e sem garantia por parte do poder público.

Se você enviar seus BTC a alguém, mas não conseguir o dinheiro da transação, é provável que jamais verá a quantia acordada.

Ser ludibriado pela valorização dos ativos

Como dissemos ao longo do texto, o mercado das moedas digitais é bastante volátil, apresentando valorizações altas – assim como as quedas.

Uma armadilha que os iniciantes costumam cair é, justamente, comprar na alta e vender na baixa – um erro com consequência desastrosa.

Não é porque um ativo está em plena valorização que ele vai continuar nesse caminho. O ideal é comprar o ativo antes da valorização, não durante sua escalada, muito menos no pico.

Renda mensal com cripto

Ao contrário das ações, as moedas digitais não pagam dividendos. Afinal, elas não são empresas, ou seja, não vão usar seu dinheiro para fazer mais dinheiro.

Portanto, tome cuidado com as “oportunidades” de investimento em criptomoedas com retorno mensal. Desconfie ainda mais em caso de porcentagens altas – 1% ao mês já é um alerta.

Existem empresas que usam seu dinheiro para operar com bots, realizando lucro e retornando uma parte para você. Mas mesmo assim vale a pena ficar de olho.

Fazer day trade sem conhecimento no assunto

Por último, devemos informar que o day trade é um método de investimento para quem realmente entende do assunto. Ou seja, não adianta ver dois vídeos no YouTube e ir para o home broker. 

Levando-se em conta a oscilação do mercado de criptomoeda, investimentos de curto prazo estão mais para apostas do que investimentos, no sentido pleno da palavra.

Investir em criptos é uma forma excelente para fazer seu dinheiro trabalhar para você. Mas é bom observar os riscos.

Compartilhe este post com seus amigos nas redes sociais, como os grupos de whatsapp!

Deixe seu comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here